Palavra do Pároco



Coração de Jesus: Fonte de Amor, Esperança e muito mais

Chegamos ao mês de junho, dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, padroeiro de nossa paróquia. Celebrar a festa do Coração de Jesus é graça especial para nossas comunidades, agentes das pastorais e movimentos, devotos e devotas. Neste ano de 2017, somos também agraciados com o tricentenário do encontro com imagem de Nossa Senhora Aparecida, recebendo a sua fax símile e rendemos graças pelo jubileu de ouro sacerdotal de Dom Geraldo.

A maioria de nossas comunidades já realizou as assembleias de pastoral e todas se mobilizaram para o encontro de espiritualidade. Em meio aos desafios, angústias e sofrimentos, recorremos ao Sagrado Coração de Jesus e entregamos a Ele nossas fadigas, inquietudes, tristezas, mas também nossa esperança, confiança e amor. Queremos saciar nossa sede de amor, fé, esperança, misericórdia, humildade, profecia, justiça, verdade e paz? Somente no Coração de Jesus é possível.

Amor: Jesus nos oferece todo seu amor, sua vida, perdão e aconchego. Quantos exemplos e manifestações: acolhida, reconciliação, presença e nossa defesa em todas as circunstâncias!

Fé: dom especial, testemunho, vigor, segurança. Quem confia no Senhor não se ilude, não se corrompe, não se deixa escravizar pela ideologias e ídolos como o dinheiro, poder e prazer. Esperança: alento, equilíbrio, serenidade.

Esperança ativa de quem descruza os braços, vence a paralisia e caminha ciente de que não está sozinho(a), tem alguém ao seu lado e é movido(a) pelo Espírito Santo.

Misericórdia: a compaixão com a pessoa caída, cheia de feridas, excluída; entrega do que se tem e do próprio ser.

Humildade: o reconhecimento das fraquezas, mas também das qualidades, a consciência de ser totalmente dependente de Deus, pois sem Jesus nada podemos fazer.

Profecia: a denúncia e o anúncio contra a perversidade do sistema econômico e político, quando massacra, exclui, manipula, descarta e até mata, quando lhes interessa.

Justiça: a que seja maior e melhor do que a vigente, prevalecendo a justiça restaurativa, iluminada pelos valores evangélicos; o ser humano visto e tratado como imagem e semelhança de Deus.

Verdade: O próprio Jesus, que revela às pessoas simples, o ser pleno de Deus. Quem o segue, acolhe seus mandamentos e não cai na mentira do mundo.

Paz: fruto da justiça, caridade, perdão e reconciliação. A realização de todos os anseios, desejos e expectativas em todos os âmbitos: consigo mesmo, com o próximo, com o meio ambiente, com Deus. Sagrado Coração de Jesus, vem saciar toda nossa sede, conduz teu servo dom Geraldo no caminho do bem, renovando o sim ao teu chamado. Nossa Senhora Aparecida interceda sempre diante de ti, por todos nós!

Pe Geraldo Barbosa